Depois do dia de Finados, 2/10, é comemorado o Dia do Cabeleireiro. Não é à toa! Vai dizer que você não se sente renascida quando dá um belo trato nos cabelos?

Mas muito se engana quem pensa que cabeleireiro é um ofício dos nossos tempos! Desde que o mundo é mundo o homem se preocupa com a aparência. Escavações revelam que os homens das cavernas já tinham utensílios como pentes e navalhas.

No Egito, os cabeleireiros eram muito respeitados. Eram eles os responsáveis pela criação e manutenção das perucas, um item de muito luxo no Antigo Egito. Na Grécia surgiram os primeiros salões de cabeleireiro, as koureias. Eram instalações situadas em praça pública onde os kosmetes, os cabeleireiros. Em Roma, os penteados femininos ficaram tão sofisticados que as mulheres tinham uma criada própria para arrumá-los, a ornatrix.Há registros de que nos salões romanos a fofoca já rolava solta!

No século XVIII os cabeleireiros de Maria Antonieta, Monsieur Leonard, Autier e Legros Rumigny recebiam verdadeiras fortunas para arrumar as perucas da rainha.

Hoje, mais do que um profissional, o cabeleireiro é um confidente. Uma pessoa a quem confiamos nossa autoestima, nossos segredos e com quem compartilhamos algumas fofoquinhas, é verdade…

Parabéns, cabeleireiros!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...